A chuva me lembra você…

17722_142100515955533_589800423_n

Desconheço a autoria da Imagem

Amo a chuva
porque ela carrega
o seu cheiro e o frescor
da sua boca…

É na chuva
que o mar se deita
para respirar a memória
das águas doces…

(Penso nisso e logo sinto
um fluxo contínuo
que passa da chuva pra mim,
uma enxurrada de águas claras
gritando o seu nome
à margem dos meus olhos…)

A sua boca, meu amor,
de tantas umidades
corrompe o sal
numa docilidade sem fim…

E eu me perco
na saudade do seu beijo
que é doce e sal,
sumo e cor… calor e vida!

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s