Saudade…

536845_612475045446560_1539808135_n

Imagem: Andreea Cigaro

Em nome da tua ausência
Construí com loucura uma grande casa branca
E ao longo das paredes te chorei

(Sophia de Mello Breyner Andresen)

Sim, eu te choro, todos os dias.

De saudade e de amor… de amor! Dói-me pensar na audácia do tempo que se move lento e pesado, quando você não está. E sinto uma ânsia por sua imagem, que longe dos olhos, me enferruja a boca, a língua e todas as palavras que silencio. E sinto raiva. Uma raiva mansa do tempo que não passa e não te traz de volta pra mim. Então escrevo um poema pra te amar em quatro estrofes, de quatro versos, nas quatro estações do ano. Longe de você é o lugar mais triste que já pude estar. 

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s