Amanhecer…

10273745_525274567597591_1913623454237610353_n

Desconheço a autoria da Imagem.

Um dia
sem ouvir a tua voz
é como descobrir
que o mar morreu.

[David Mourão-Ferreira]

Queria te falar
do meu silêncio,
mas o necessário,
às vezes, é indizível…
 
Na noite passada,
eu engoli a lua
só para preencher o vazio
de tua ausência…
 
Sinto que, de novo,
me engravidei de sonhos
e hoje cedinho pari um sol
que tinha a cor dos teus olhos,
a quentura infinita de tuas mãos.
 
Mas continuo sem saber de ti.
O amanhecer tem disto:
é onde desemboca todos os silêncios
perdidos, todos os equívocos…
.

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

6 respostas para Amanhecer…

  1. F.M. disse:

    Grifa bem sobre amor! 👏❤

    Curtido por 1 pessoa

  2. Mariana Gouveia disse:

    eu aqui, peco e rogo clemência… Aí, meu pai do céu!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s