Em mim: o bem e o mal

vonandi-bahr3

Vonandi Barh

Não perguntes, não sei – não sei dizer:
Um grande amor só se avalia bem
Depois de se perder.

[António Botto]

Dentro de mim

– atados e enraizados

até ao chão da alma –

estão todos os movimentos

da Terra e do espaço,

todos os labirintos sem saída,

todas as máscaras de pecado.

 

Em mim, presos às correntes,

estão as maiores tempestades,

a fúria das chamas e o

descontrole total do tempo.

 

Em mim, o bem e o mal

e os quatro elementos

que se misturam num

dinamismo frenético,

em busca de contentamento.

 

Arde, em mim, todo o amor

e já não pertenço

ao equilíbrio da razão…

Apenas à obrigação da vida.

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para Em mim: o bem e o mal

  1. “Melhor ter todos os infernos dentro de si, do que apenas o vazio”, já dizia o sábio…

    Curtido por 2 pessoas

  2. 0819claudiacap disse:

    Tudo isso está dentro de mim e vivo à obrigação da vida. Amei! Beijo grandão.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s