.

1947871_294731197345146_1333922692_n

Desconheço a autoria da Imagem.

O amor é aquilo:
caminhar às cegas no arame estendido sobre o precipício.

[Manuel Jorge Marmelo]

Vislumbro
o interior negro
do amor. 

Privo-me
da luz das causas
e dos fins.

Suspendo
toda interpretação
e entro num estado
de sem sentido.

O amor é mesmo isso?

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para .

  1. Mariana Gouveia disse:

    Bem isso!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s