Encontro…

dentro do carro.gif

Parávamos o carro num beco qualquer,
queimávamos o rastilho das palavras
até ao deserto onde dávamos as mãos.

Lá fora, a realidade era o espaço inteiro
deitado nos vidros, o mundo caído para dentro
do silêncio.

[Rui Pires Cabral]

   E ela esperava, ansiosa, por cada encontro com ele. Sabia que precisava aproveitar ao máximo o gosto daquela boca, a luz daqueles olhos, o calor daquelas mãos que, gentilmente, abraçavam as dela em oração. Sabia que o tempo era pouco e, nesses encontros, corria ainda mais desesperado, como se quisesse gastar toda a eternidade em poucas horas. O universo, lá fora, era só um cenário surreal, porque seu mundo estava mesmo entre aqueles braços, se perdendo no perfume de um abraço. De onde estavam, via-se a cidade ao longe, com seus intermináveis ruídos e desesperos. O pôr do sol era um espetáculo à parte, tingindo o céu com cores que facilmente lembravam o amor e suas nuances de encantamento. Um último beijo, de leve, para não borrar o batom e se despediam, sem saber quando voltariam a se ver de novo. O amor, pensava ela, na contramão de tudo, não tem pressa de acontecer… 

Anúncios
Esse post foi publicado em Prosa e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para Encontro…

  1. Mariana Gouveia disse:

    Que lindeza!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s