Recordação…

vinca

Desconheço a autoria da Imagem.

No mais pequeno intervalo cabe a vida toda e dentro da vida é-se eterno.

[Vergílio Ferreira]

     Hoje, abri um livro e, por pura pirraça do destino, deparei-me com umas flores secas, todas juntas, entrelaçadas num singelo ramalhete. Fiquei ali, parada, a olhá-las em silêncio, como se guardassem o maior dos segredos. E guardam. Ainda ressentiam um cheiro forte, característico dessa espécie de flor. Aproximei meu rosto e toquei sutilmente aquelas pétalas finas, agora desbotadas, com a ponta do nariz. Um sorriso atravessou meu rosto, como a luz do sol num dia chuvoso. Essas pequenas ainda têm o poder de me fazer feliz. E, tu, de me lembrar que a eternidade cabe num gesto. 

Anúncios
Esse post foi publicado em Prosa e marcado . Guardar link permanente.

6 respostas para Recordação…

  1. Mariana Gouveia disse:

    lindo!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Lucas Lopes disse:

    Eu guardo uma folha de uma árvore num caderno que usei há mais de um ano. Folhinha ppoderosa, repleta de boas lembranças.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Lunna Guedes disse:

    Eu tinha por hábito guardar folhas que encontrava pelo caminho dentro dos livros, mas elas mancham as páginas quando ainda verdes por causa do sumo, então parei. Mas era mágico. rs

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s