water_lily_by_phatpuppyart-d4eefw4

Desconheço a autoria da Imagem.

havia duas maneiras de partir:
uma era ir embora,
outra era enlouquecer.

[Mia Couto]

Há muito tempo
andamos nessa ilha
sem sermos vistos:
vagamos com os olhos
voltados para o céu…

distraídos, roubamos do tempo
um tempo para ser quem somos

e, depois de algum sacrifício,
acabamos com água até o pescoço
– nos afogamos no raso,
depois de mergulhar profundo.

a vida é só isso mesmo:
um ir e vir de navios fantasmas
sem rumo, nem norte,
sem âncoras ou porto…

a vida imita o amor
nessa armadilha de encantamentos
– ilusórios e descompensados –
ambos: uma saudade atrás da outra
e é bom que seja assim

mas se o amor, assim como a vida,
pudesse sangrar todos os silêncios
poderia minha imagem ser esquecida
dos teus olhos um dia?

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para

  1. Mariana Gouveia disse:

    Lindo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s