O amor, quando se finda…

chandra_by_dream_traveler

Desconheço a autoria da Imagem.

são as mulheres que
fazem chorar as cebolas
como se descascassem a própria vida
e, arredondando-se então, descobrissem
um corpo, o seu
uma vida, a sua

[Bénédicte Houart]

Tão delicado o amor
quando se finda…
Parece noite de chuva fina
ecoando barulhinhos no telhado.
Dói tão fundo na alma
que a gente até se esquece
que é feito de carne
e feridas ainda por curar.

Tão dilacerado é o amor
quando se finda…
Parece um caminho que leva
à pontes sem destino
e casas abandonadas
e coisas sem nome
e fantasmas sem rosto…
Puro esquecimento.

Tão complicado o amor
que se finda.

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

7 respostas para O amor, quando se finda…

  1. Lu Amorim disse:

    Tão complicado quando finda que entre dois a dor é sempre mais aguda. :))
    Que sua manhã seja repleta de boas notícias.
    Beijo de chocolate!
    ⁀⋱‿❀⁀⋱‿✿⁀⋱‿

    Curtido por 1 pessoa

  2. Tão complicado…
    Principalmente quando tudo se resume ao fatídico último momento, e o resto da história é jogada pelo ralo…

    Curtido por 1 pessoa

  3. Mariana Gouveia disse:

    é apenas o tempo determinado…

    lindo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s