As noites de Maio…

noite maio

Desconheço a autoria da Imagem.

Mais um poema para desfolhar
À passagem da infância desvalida…
A sina dos poetas é lançar
Versos aos pés da vida.

[Miguel Torga]

Tento preservar, a todo custo,
alguma coisa, mas tudo me escapa.
Estranhamente te extraño
nessas noites mornas de maio
– o que foi feito do frio?

São 4:38 da madrugada e nada,
absolutamente nada, está como antes.
E não é saudosismo barato…
É só uma necessidade, quase biológica,
de me sentir aquecida,
por qualquer coisa que seja.

Maio está como eu, sem você:
carente de tremores na alma,
esperando que se acendam velas
e que se apaguem estrelas
numa noite vermelha de chuva fina.

(As noites de Maio costumavam ser
um espetáculo difícil de ver
estando só. No entanto, nunca me senti
tão sozinha assim, em uma noite de Maio).

Olho para o céu e vejo apenas
um amontoado de ilógicas estrelas
a brilhar numa imensidão azul cobalto.
A lua, majestosa, sorri ao sentir o meu olhar
perdido no espaço-tempo-nada.
Abraço-me como se quisesse me aquecer,
mas o calor é insuportável.

E eu digo à noite
(com um sotaque inadequado,
porém sincero)
J’adore…
Mas ninguém responde do outro lado.

As noites de Maio são fissuras,
ventos que nada sussurram,
devaneios e rituais de passagem.
São pontes para o ontem
e um salto no depois.
Agora: nada.

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para As noites de Maio…

  1. Lunna Guedes disse:

    Nossa, traguei aqui esse maio em fissuras…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Mariana Gouveia disse:

    Tudo incrivelmente lindo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s