.

13177661_1728194260732307_6486957702658631632_n

Desconheço a autoria da Imagem.

E ainda mais vezes
é demasiado tarde.
E não há nada pior
do que
demasiado tarde.

[Charles Bukowsky]

Ajoelho os meus olhos
diante da tua imagem
e ancoro meu coração
num poema ainda por nascer.

O encanto que me provoca
a tua simples aparição
faz soar sinos no meu peito
e sorrisos feito canção.
Saio dançando por aí…

E meus pés desaprendem
a insensatez dos passos e seguem,
alucinados, por caminhos
que não estão nos mapas,
que não fazem parte da geografia
do planeta, caminhos invisíveis
porque deixam pegadas por dentro, apenas…

Já te falei que as rosas
brotam do impossível?
São como o amor…

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para .

  1. Mariana Gouveia disse:

    Ai, meu Deus! Como comentar tudo isso?!
    Só suspiro!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s