10645078_765263780197329_7588267048948262292_n

Desconheço a autoria da Imagem.

São brancas as flores que te crescem nas mãos. 
Existes na imensa solidão do amor.
Vives num estado de anjo invisível.

[Rui Miguel Fragas]

      O coração, ruidoso, sangra o silêncio de cada lágrima. Que pode uma mulher que rouba pedras do jardim, para construir o seu próprio templo? Dei para habitar os vãos do tempo e a me perder por entre as frestas do acaso. Transbordo esperar. Vivo de espasmos. A cada vez que me olho no espelho, reconheço outra de mim que já havia esquecido há séculos. Como pode uma mulher carregar nos braços a eternidade sem, antes, partir-se ao meio? As pequenas coisas, muitas vezes, pesam mais. Por acumular miudezas, recriei o universo e seu insondável infinito. Aprendi a interpretar o que fica, depois que o amor vai embora, e a ignorar as respostas de perguntas que não fiz. Desde então, vejo melhor em dias de chuva ou quando ando sobre o fogo. Se agora choro, é porque desaprendi a sofrer calada.

Anúncios

Sobre Tríccia Araújo

Talvez o mais importante a saber sobre mim é que sou movida à arte. Tudo o que envolve o humano, na sua condição mais criativa, me cativa. Para além disso, vivo como quem nasceu para observar as miudezas das coisas. O invisível me comove e, depois, me seduz. Tenho uma paixão infinita pelos pássaros. Creio que habito as árvores, cada vez que fico em silêncio. Tenho mania de eternidades...
Esse post foi publicado em Prosa e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para

  1. “Desde então, vejo melhor em dias de chuva ou quando ando sobre o fogo. Se agora choro, é porque desaprendi a sofrer calada.” – simplesmente maravilhosa esta poesia

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s